Logo RTM

Compartilhe

Tecnologia no mercado financeiro: como alcançar a maturidade digital no setor?
PorRTM
49-site2

A tecnologia no mercado financeiro tem proporcionado grandes avanços e mudanças no setor, mas muitas novidades ainda estão por vir. Os clientes estão mais exigentes e buscam por soluções inovadoras, que facilitem suas vidas, otimizando o tempo e oferecendo mais segurança.

As empresas que ainda não se adequaram a esse novo cenário precisam evoluir e investir em inovação. Do contrário, vão perder para a concorrência e para os novos produtos que estão surgindo. Neste artigo, você vai conferir quais são as previsões da tecnologia no mercado financeiro e o que a sua empresa deve fazer para alcançar a maturidade digital. Acompanhe!

Desafios da tecnologia no mercado financeiro

A Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária, realizada pela Deloitte, revela que os bancos estão investindo cada vez mais em tecnologia. O levantamento comparou os dados obtidos nos anos de 2019 e 2018 e identificou que houve um aumento de 48% de um período para o outro. A maior parte dos investimentos são em software, 54% do total.

Apesar de estarem mais preocupados e dispostos a melhorar a tecnologia no mercado financeiro, os bancos ainda enfrentam desafios quando o assunto é maturidade digital.  Quem revela isso é o levantamento “Perspectivas para o mercado bancário e de capitais em 2020”, também da consultoria Deloitte. 

De acordo com estudos realizados no levantamento, a falta de modernização do sistema legado é um enorme impedimento para a transformação digital. Além disso, faltam dados de alta qualidade e facilmente acessíveis para as instituições financeiras.

A necessidade das instituições financeiras se destacarem no gerenciamento de dados, na modernização da infraestrutura, adoção de inteligência artificial (IA) e migração para a nuvem permanece, desde que a maturidade digital entrou em pauta no setor. 

Muitas vezes a transformação não acontece, dentro de algumas empresas, porque a mentalidade tecnológica ainda não está bem consolidada entre as lideranças. Há, de fato, certa resistência por parte dos colaboradores mais antigos, acostumados com outros recursos e processos de trabalho, para mudar e confiar em novas soluções. 

Mas o fato é que as empresas precisam construir uma cultura colaborativa e de inovação, se quiserem impulsionar a mudança interna e obter retornos substanciais de seus investimentos em tecnologia nos próximos anos. 

Tendências de tecnologia para o mercado financeiro

O mercado tem exigido que as instituições financeiras modernizem seus processos, serviços e atendimento. As fintechs chegaram ao mercado, conquistaram o consumidor com soluções que os bancos tradicionais demoraram anos para desenvolver e até hoje não conseguem oferecer. 

Parte dessa limitação é causada pela falta de tecnologias adequadas e de um ambiente propício para suportar as novas demandas desse mercado. Investir em tecnologia e inovação é fundamental para quem quer escalar o negócio. Veja algumas tendências que os bancos podem oferecer, por meio de novas tecnologias:

  • análise de risco para investimentos: uma solução de data mining analisa os riscos no setor financeiro, a partir de informações obtidas pelo cruzamento de dados macroeconômicos, notícias da conjuntura internacional e balanços de empresas;
  • produtos com menor custo: estruturas enxutas e digitais permitem que as empresas reduzam seus custos, eliminando as taxas e cobranças excessivas ao cliente. A tecnologia permite que a instituição elimine pontos físicos, agências, atendimento presencial, etc;
  • comodidades baseadas em IoT: o cliente pode realizar diferentes transações financeiras a partir de outros dispositivos móveis como relógios inteligentes (smartwatches). Outra possibilidade é o desenvolvimento de assistentes virtuais, com reconhecimento facial e de voz. 

Para que a empresa consiga oferecer essas e outras inovações aos seus clientes, no entanto, será preciso elevar o nível tecnológico do negócio, conquistando assim, uma maturidade digital cada vez mais elevada. A seguir, veja algumas dicas para avançar nesse patamar.

3 dicas para alcançar a maturidade digital no mercado financeiro

Reforce a segurança de seus clientes

Empresas que não atingiram a maturidade digital podem ter dificuldade de confiar em processos e serviços digitais. Justamente por isso, esse ponto deve ser o mais importante para a instituição. Os produtos digitais devem ser ofertados em um ambiente que oferece máxima segurança e proteção para a navegação do usuário e de seus dados. 

Mostre os benefícios do digital aos mais conservadores

Líderes conservadores são os mais difíceis de convencer quando a empresa quer evoluir em sua maturidade digital. No entanto, essa situação pode ser revertida. Para isso, é necessário mostrar a esses profissionais os benefícios que o ambiente digital proporciona a seus clientes. Se for possível, utilize dados de pesquisas com os consumidores para argumentar. 

Desenvolva aplicativos abrangentes e intuitivos

Um dos motivos que ainda leva clientes às agências bancárias é a limitação dos recursos digitais. Os usuários não conseguem realizar todas as tarefas que executam na agência pelo aplicativo. Para que a empresa atinja a maturidade digital, seus sistemas devem oferecer atendimento integral e acessível para o cliente.

Além disso, toda a tecnologia da empresa deve estar amparada por uma infraestrutura que lhe permita operar adequadamente, suportando as atividades internas e externas. Ou seja, atendendo colaboradores e clientes.

Quer saber mais sobre inovação e tecnologia no mercado financeiro? Então, acompanhe nossas publicações e conheça outras soluções que podem ajudar a sua empresa a alcançar a maturidade digital.

Leia também: 

Newsletter

Cadastre-se e receba todos os nossos conteúdos por e-mail, em primeira-mão.


    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

    Veja outras notícias relacionadas

    Arte que mostra a tela da solução RTM Community, que facilita a comunicação entre traders.
    Ferramenta para otimizar a comunicação entre traders: conheça a RTM Community
    Imagem ilustrativa para texto do blog da RTM que explica o que é cloud native e por que o mercado financeiro deve se atentar a isso.
    O que é cloud native e por que o mercado financeiro deve se atentar a isso?
    Imagem de capa do post de blog sobre PLDFT: prevenção de lavagem de dinheiro em instituições financeiras.
    PLDFT: como prevenir a lavagem de dinheiro em instituições financeiras