Notícias

RTM DMA integra mercado financeiro internacional ao brasileiro

A RTM está expandindo sua atuação para apoiar o ecossistema internacional na negociação eletrônica em bolsas de valores, disponibilizando uma plataforma de acesso direto ao mercado (DMA), em ultrabaixa latência, com serviços de infraestrutura de TI.

Seguindo padrões internacionais de conduta e com base nas melhores práticas do mercado de capitais, a solução traz segurança, performance, economia e alcance global.

O objetivo é simplificar a tarefa e custo de TI, com a oferta de módulos de serviços especializados (building blocks), que permitem a criação de estratégias eficientes voltadas aos diversos perfis de participantes para acesso à liquidez do mercado brasileiro.

O acesso global é provido através de conectividade direta em baixa latência para mercados da América do Norte, Europa, África do Sul e Ásia, oferecendo diversas rotas de telecomunicação para acesso a informações, serviços e transações.

André Mello, diretor geral da rtmPara apoio à infraestrutura física de TI, a RTM DMA fornece serviços de data center no próprio ambiente da B3, com garantia de alta performance, eliminando custos de telecomunicações. A continuidade de negócios é garantida com o data center de disaster recovery da RTM, localizado geograficamente próximo ao centro de dados de redundância da B3. Além disso, são oferecidos também hardware e software como serviços, acesso à nuvem pública e privada, mão de obra especializada e monitoramento.

“Queremos ser um facilitador na interconexão entre mercado financeiro nacional e internacional, promovendo mais possibilidades de negócios, mais crescimento ao setor”, afirma o diretor geral da RTM, André Mello. “Através dos data centers, os participantes do mercado de capitais terão conectividade direta de baixa latência para diversos países, ganhando mais agilidade nas respostas”, conclui o executivo.

Confira os módulos

B3 Colocation

  • Espaço em rack, flexível e sob demanda no data center da B3 (SPA);
  • Acesso de provedor de serviços gerenciados em baixa latência para ambiente de colocation;
  • Conectividade redundante em fibra para acesso ao PUMA via roteadores de borda da RCB;
  • Conectividade a todo ecossistema B3.

Conectividade a mercados globais

  • Acesso em baixa latência;
  • Acesso MPLS a +500 instituições brasileiras via extranet;
  • Fornecimento e gerenciamento de última milha;
  • Vendor & Cloud Connect: acesso nativo a provedores de soluções financeiras e em cloud.

B3 Colocation de proximidade

  • Disaster Recovery no Data center da RTM próximo ao centro de dados secundário da B3;
  • Rack e energia;
  • Acesso ao PUMA via B3 (data center secundário);
  • Acesso em ultrabaixa latência ao data center primário da B3. 

Serviços

  • Hardware e software como serviço – switches, servidores e licenças de software;
  • Serviços de cloud financeira privada;
  • Smart hands – Suporte especializado da RTM;
  • Desenho, integração e consultoria.

• Mais notícias •

Darwin Day do batch #9

A Darwin Startups, aceleradora na qual a RTM é parceira corporativa, realizou em setembro o Darwin Day do batch #9, terceira etapa do processo seletivo do programa. Foram dois dias de evento, reunindo 33 startups

RTM avalia performance no período da quarentena

Entre julho e agosto, aplicamos pesquisa com os clientes para conhecer a percepção deles sobre o funcionamento do mercado no período da quarentena, avaliar o grau de satisfação com o atendimento da RTM, bem como

Tudo que você precisa saber sobre reconhecimento facial

Entenda como funciona a tecnologia de reconhecimento facial, suas aplicações, vantagens e riscos em instituições financeiras Já faz alguns anos que observamos as tecnologias de biometria, e entre elas o reconhecimento facial, ganharem espaço no