Notícias

Comitê de Tecnologia analisa projetos - 24/09/2010

O Comitê de Tecnologia da RTM se reuniu no início de setembro, em São Paulo, para acompanhar os projetos em andamento e analisar novas oportunidades que possam facilitar os negócios das instituições usuárias. Em pauta, as principais atividades em curso na RTM e os projetos de Monitoramento de Ativos, Central de Derivativos, PSTI ANBIMA, Tecban e Telefonia compartilhada para mesas de operação.

No que diz respeito à solução de Monitoramento de Servidores, incluindo links e servidores, já estão sendo realizados testes com uma instituição-piloto, para posterior inclusão ao portfólio da RTM. O diretor de Telecomunicações da RTM, Carlos Roberto Teixeira, ressaltou que há uma diferença entre este serviço e o atualmente utilizado, para monitorar o tempo de resposta de aplicações, disponível na extranet, através de parceria com a SiteSeeing. Nesse último, simula um usuário acessando determinado serviço ou aplicação, contabilizando o tempo de resposta de cada passo. Se o tempo de resposta estiver acima do valor definido pela instituição, significa que existe um problema em alguma etapa, entretanto não é apontada a sua origem. Já o serviço de Monitoramento permite, através do acesso a uma determinada aplicação ou serviço, acompanhar a performance dos equipamentos ou links, gerando alertas antes mesmo de o usuário final perceber algum problema de resposta mais significativo.

Em seguida, a diretora de Marketing e Produtos da RTM, Adriane Rêgo, destacou o status do projeto Central de Derivativos, que prevê a troca de informações entre as instituições e a Febraban, via RTM.  Os links para Federação já estão ativos e operacionais para acesso à Central, embora a entidade ainda não tenha liberado o sistema para produção.

Sobre o projeto PSTI ANBIMA, para acesso das instituições detentoras de contas de Liquidação à RSFN - Rede do Sistema Financeiro Nacional, através de infraestrutura compartilhada e extranet da RTM, a corretora Renascença será a instituição-piloto. Assim que forem ativados os links da RSFN, serão iniciados os testes. Teixeira comentou dois projetos da RTM que estão em fase inicial: adesão da Tecban, empresa responsável pelo serviço Banco24 horas, ao grupo de provedores da RTM e Telefonia IP compartilhada para mesa de operações. Alguns membros do Comitê manifestaram preocupação com a qualidade e o custo da solução. Ao final, os integrantes assistiram à apresentação da solução de Nota Fiscal Eletrônica, da empresa Mastersaf.