Notícias

RTM firma parceria com a World-Check - 14/04/2011

Depois de firmar parceria com a Lógica com o objetivo de oferecer aos usuários do Service Bureau para conexão compartilhada à rede SWIFT o filtro de mensagens HotScan On line, que rastreia operações que possam configurar crime de lavagem de dinheiro, a RTM assinou acordo operacional com a World-Check, fornecedora mundial de informações de risco, para ofertar mais uma solução que visa a complementar a segurança nas transações de câmbio efetuadas pelas instituições financeiras.

Pelo acordo estabelecido, a World-Check fornece pesquisa online da sua base de dados para análise dos riscos regulatórios, financeiros e de reputação de organizações, pessoas politicamente expostas e indivíduos envolvidos em crimes por fraude, corrupção, terrorismo, lavagem de dinheiro e tráfico de narcóticos.
Com presença em cinco continentes, as unidades de pesquisa especializada da World-Check, responsáveis pela alimentação do banco de dados, monitoram riscos emergentes e tendência em todo o mundo. Cada unidade - Terrorismo e Rebelião, Crime Organizado ou Falsificação - se concentra em transações e mecanismos de financiamento ilícitos em suas respectivas categorias, rastreando relacionamentos de alto risco. Com base nas informações coletadas, são elaborados perfis contendo exclusivamente informações públicas confiáveis.

Totalmente acessíveis, as fontes incluem órgão do governo, unidades de inteligência, sites de polícia até organizações globais, além da imprensa. Os registros são unificados de forma a eliminar resultados de avaliação desnecessários, assegurando a eficiência dos departamentos de risco. A cobertura engloba todas as listas de sanções mundiais como OFAC, HMT do Reino Unido, EU, ONU, OSFI, FATF, DFAT australiana, CFTC dos EUA, Banco Mundial, SECO, Interpol, CBII, IFSRA e ICE dos EUA, bem como indivíduos e organizações vetados e banidos.

A nova ferramenta permite verificar se há risco real ou potencial na transação que um usuário esteja efetuando com determinada pessoa ou organização. Caso seja identificada alguma evidência de lavagem de dinheiro, o procedimento é suspenso até que seja feita uma busca de informação mais focada que possibilite confirmar se a operação pode ser autorizada ou cancelada, impedindo a realização de negócios.

A parceria é mais uma iniciativa da RTM no sentido de auxiliar as instituições financeiras no cumprimento das regras e exigências de órgãos reguladores e do Banco Central no que diz respeito a redução de riscos operacionais, contribuindo para combater o crime de lavagem de dinheiro.