blog

Nuvem privada especializada no setor financeiro: razÕes para migrar - 13/08/2019

Nuvem privada especializada no setor financeiro: razões para migrar

Um dos maiores desafios para o setor financeiro é promover a inovação de processos com segurança e agilidade. Uma tecnologia que tem atraído cada vez mais instituições financeiras a nível global, é a nuvem privada. Mas além de migrar os dados do servidor local para uma plataforma com segurança máxima e otimizar a infraestrutura da instituição, os serviços de cloud computing tem um grande potencial estratégico para promover a escalabilidade e impulsionar a inovação nas instituições financeiras.

Com os avanços da tecnologia, leis para o setor e modelos de governança corporativa mais fortes, a tendência é que a nuvem privada cresça entre as instituições financeiras nos próximos anos. Isso porque ela consegue oferecer toda a segurança de um ambiente interno ao mesmo tempo em que otimiza a infraestrutura de TI e ajuda a reduzir os custos. Ademais, a implantação da nuvem é um passo importante para as instituições financeiras que buscam se diferenciar no mercado e impulsionar a inovação de processos, reposicionando as equipes de TI em atividades mais estratégicas para os negócios.

Nesse artigo, vamos apresentar as principais vantagens da nuvem privada e o que considerar ao buscar um fornecedor da tecnologia. Confira!

Quais as vantagens da nuvem privada para as instituições financeiras?

Na nuvem privada todos os dados e workloads são segregados logicamente, sendo indicada para áreas que precisam atender requisitos de segurança, de governança e regulatórios como é o caso dos bancos e outras organizações do segmento.

As principais vantagens da nuvem privada para instituições financeiras, são:

  • escalabilidade;
  • possibilidade de redução de custos com infraestrutura;
  • maior segurança;
  • suporte avançado.

Ao trabalhar com cloud computing, as instituições têm à disposição todos os recursos necessários para se adaptar às novas demandas sem precisar investir em hardwares ou outros equipamentos adicionais. O mais comum nesse segmento é começar migrando aplicações que não contenham alta criticidade, além de ambientes de contingência.

A nuvem privada consegue aliar ainda a praticidade à segurança. A tecnologia possibilita que as instituições se adequem rapidamente caso haja necessidade de maior processamento, mas mantendo as informações dos clientes sempre protegidas. Além disso, a empresa pode focar em ações estratégicas, enquanto o fornecedor da nuvem fica responsável por garantir a segurança dos dados da instituição.

Nos últimos anos, a adoção da nuvem no segmento financeiro tem aumentado gradativamente. Uma pesquisa da Gartner indica que, até 2020, 36% das empresas usarão a nuvem para fornecer suporte a mais da metade de seus sistemas de registro transacionais. A migração da infraestrutura e operações realizadas pelas instituições financeiras para os sistemas em nuvem, acompanha uma tendência mundial pela adoção da tecnologia.

Como escolher a empresa de nuvem privada?

Adotar uma nuvem privada, principalmente no caso de instituições financeiras que trabalham com informações sensíveis, requer alguns cuidados. Antes de migrar, as instituições devem considerar aspectos como confidencialidade, segurança, regulação e qualidade do serviço. Nesse sentido, a escolha do fornecedor é um ponto fundamental.

Para que o processo ocorra sem problemas, é muito importante trabalhar com empresas especializadas, que contem com suporte avançado e conhecimento específico do setor. É recomendável questionar quais medidas serão tomadas caso ocorra alguma interrupção ou outro problema relacionado ao serviço para avaliar se o prestador está preparado para agir rapidamente em diferentes cenários.

A RTM é a maior provedora de serviços para integração do mercado financeiro brasileiro e oferece aos seus clientes um suporte especializado e ágil para o armazenamento de dados em nuvem privada. Temos capacidade para comportar inúmeros servidores virtuais, sendo a opção ideal para as instituições financeiras. Nossas soluções podem ser dimensionadas conforme a necessidade do usuário, com agilidade, escalabilidade e segurança na aplicação do serviço.

Além disso, os projetos podem ser implementados em pouco tempo, uma vez que eles não exigem a aquisição nem a instalação de hardware adicional. É possível ainda agregar rapidamente novos serviços, de acordo com o aumento da demanda. O ambiente cloud é configurado com alto grau de redundância, permitindo contratar a contingência para sistemas críticos, incluindo posições de escritório. São dois backbones independentes e o serviço de site de contingência conta com mais de 200 posições.

Acompanhe o nosso blog para saber mais informações sobre a nuvem privada e outras tecnologias e tendências para o setor financeiro.