blog

5 novidades de TI para o mercado financeiro - 18/04/2019

Em tempos de crise, quem se recupera é rei. No meio do cenário financeiro mundial, o Brasil está há dois anos enfrentando uma recuperação da retomada em direção ao topo. Mesmo que isso venha acontecendo de forma lenta (e abaixo do esperado), algumas alterações do mercado tecnológico vêm mudando as estruturas e formas de ação para elevar a posição do país.

Tendo como foco a boa manutenção dos negócios competitivos, a força da tecnologia é a que mais colabora para construir um mercado equilibrado entre os concorrentes. Ela tem um papel chave para o desenvolvimento de empresas do setor financeiro. Seus braços permitem que transações sejam feitas com mais agilidade. Além disso, as operações têm redução tanto de custos como erros operacionais. Não acompanhar as novidades é se recusar a crescer.

Pensando em lhe ajudar nesse processo de desenvolvimento e transformação, onde é preciso estar atento às tendências do mercado que estão moldando o setor, separamos algumas novidades. Prepare-se para aderir às mudanças e colocar todas elas em ação.

Veja abaixo essas novidades

• Fintechs jÁ sÃo o futuro •

Para definir novos modelos de negócios a rapidez é essencial e por isso as Fintechs (termo que surgiu da união das palavras financial + technology) saem na frente. Com o objetivo voltado, principalmente para os novatos do mercado, as Fintechs possuem processos mais inovadores e lucrativos. Elas usam a tecnologia intensiva para oferecer mais opções de produtos do setor financeiro às empresas. Nesse quesito tudo é feito de forma prática, com controle de operações e pouca (ou nenhuma) burocracia, além dos baixos custos sem impacto social. Devida a grande demanda, os serviços são otimizados podendo ser usados por empresas de todos os tamanhos.

• InteligÊncia exponencial •

Todas as soluções de TI criam novas oportunidades de negócios e, consequentemente, ideias inovadoras. Elas fazem com que o ambiente de trabalho seja otimizado. Esse conceito é chamado de inteligência exponencial. Ele envolve o uso de soluções integrativas de maneira mais profunda ao ambiente corporativo. O resultado é um cenário onde as empresas podem atuar de maneira mais estratégica (e lucrativa) prevendo o futuro. Assim, os serviços ficam mais inteligentes e voltados especificamente às demandas de usuários.

• Economia compartilhada integrada ao sistema financeiro •

A economia compartilhada é o futuro dos serviços financeiros. Ela se baseia na troca, reutilização, compartilhamento e acesso a produtos, serviços e conhecimento através de plataformas digitais e sociais. No mercado financeiro, ela usa os ativos tecnológicos para encontrar correspondências eficientes entre provedores e usuários de capital, em vez de recorrer automaticamente a um banco como intermediário. O seu objetivo é usar informações compartilhadas em tempo real pelos usuários. O Waze foi criado com esse pensamento. Ele é um GPS que o público interage e ajuda a melhorar sua funcionalidade 24 horas por dia compartilhando rotas, acidentes e reportando blitz pelo caminho. O crowdfunding, por exemplo, tem esse conceito de financiamento colaborativo. A mecânica é simples: basta o empreendedor apresentar a ideia e o valor que precisa para fazer o projeto dar certo. É uma alternativa importante para captação de recursos.

• Blockchain •

O blockchain é uma rede de engenharia computacional que agrega impressões digitais para dar mais segurança. Ele funciona através de redes que têm hardware próprio fazendo com que as transações sejam processadas sem a necessidade de intermediários (como bancos ou empresas de cartão de crédito). Essa rede totalmente feita de colaboradores independentes é que processa as transações. Essas redes competem para ver quem vai processar o próximo bloco de transações. Por isso o nome blockchain.
Acompanhar essas tendências se fará necessário para otimizar processos internos, bem como aumentar a visão estratégica da sua empresa. O objetivo deve estar sempre voltado para capacidade de solucionar problemas e manter um atendimento rápido e personalizado para seus clientes. Não esqueça que manter a segurança operacional e a desburocratização dos processos continua sendo vantagem competitiva.
Fique atento às movimentações do setor e tendências para entender como elas podem beneficiar o seu negócio.