fbpx

Notícias

Darwin e Distrito conquistam prêmios de inovação

Darwin e Distrito ganham prêmios no startuo awardsTendo a parceria corporativa da RTM, Darwin Startups e Distrito conquistaram os prêmios de melhores aceleradora e hub, respectivamente, no Startup Awards, considerado o “Oscar” da inovação. O anúncio foi feito no CASE + Startup Summit 2020, evento online realizado entre 19 e 23 de outubro. A premiação é promovida pela ABStartups e tem por objetivo reconhecer profissionais e empresas mais influentes do ecossistema nacional de inovação.

“O principal valor dos hubs de inovação está nas conexões e nas oportunidades de negócios geradas entre as startups, as grandes empresas, os investidores e também a academia. Além da comunidade em si, o Distrito possui outras três frentes de negócio que complementam este pacote que oferecemos às startups e potencializam o seu alcance”, pontua Gustavo Araujo, cofundador e CEO do Distrito. “Sem dúvida alguma, este prêmio é o reconhecimento do sucesso deste formato e gostaríamos de agradecer as mais de 60 empresas que hoje investem em inovação aberta através do Distrito”, reforça Araujo, referindo-se aos braços de inovação corporativa, investimentos e inteligência de dados da companhia.

Para falar sobre o tricampeonato e a importância dos parceiros, o Conexão RTM entrevistou Marcos Mueller, CEO da Darwin Startups.

Marcos Mueller - CEO da Darwin StartupsMais uma vez, a Darwin venceu o prêmio de melhor aceleradora do Brasil. Em um ano tão difícil, o que esta conquista representa para vocês?

R: Receber o prêmio pelo terceiro ano consecutivo é uma grande honra para a gente. Ainda em um contexto de enorme incerteza, tomamos a decisão de manter o nosso calendário do ano, com a chamada para dois batches. Entendemos que era o melhor que poderíamos fazer para os empreendedores do ecossistema, que precisavam, mais do nunca, de investimento e apoio para vencer a turbulência. Além disso, tivemos que fazer uma série de adaptações, como tornar nosso programa de aceleração 100% remoto. Por isso, chegar até aqui e receber esse reconhecimento só fortalece a ideia de que tomamos as decisões certas e pudemos, de fato, contribuir com a jornada de empreendedores brasileiros.

O que foi feito de diferente entre 2019 e 2020 para se destacar comparado a outros anos?

R: Além das melhorias implementadas no processo de aceleração, que já estavam planejadas desde 2019, tivemos que fazer muitas adaptações por conta da pandemia, para continuar agregando valor, oportunidades e experiência aos empreendedores e suas startups. Com o objetivo de superar o desafio do isolamento social e a necessidade de ser 100% digital, criamos um programa 1.000% human drive, focado em aproximar ainda mais as startups, os parceiros corporativos e toda a rede da Darwin. 

Também destaco os dois novos programas que a HARDS, nossa aceleradora de hardware, fez em parceria com a RUMO e com a ALGAR, além do lançamento oficial da Origem, uma iniciativa de capacitação e educação empreendedora que nasceu como um produto da Darwin em 2019 e se tornou um spin-off no começo de 2020.

Como vocês superaram as dificuldades impostas pela pandemia neste ano de 2020?

R: Nosso maior desafio foi selecionar e acelerar dois batches – os quais fazemos todos os anos – de forma totalmente remota, mantendo a entrega de valor. Nosso programa sempre foi muito high-touch, com bastante contato com os empreendedores. “Compensar” o isolamento social e criar uma conexão próxima com os empreendedores mesmo a distância não foi uma tarefa fácil. Nossa aposta, como sempre, é no ecossistema e o nosso jeito é sendo human drive.

Reunimos e ouvimos os empreendedores, tentamos entender seus desafios, adequar no que era possível, apoiar no que era necessário. Reunimos os parceiros corporativos, mentores, prestadores de serviço e todos da nossa rede para que pudessem se aproximar ainda mais das nossas startups. A partir desse foco total no empreendedor e na comunidade, apesar de ter todos os cronogramas impactados (quem não teve?), conseguimos manter uma entrega de valor de alto nível, consagrada agora com esse prêmio.

O que planejam para 2021?

R: Estamos trabalhando para conseguir contribuir com todas as etapas da jornada do empreendedor. Em função disso, lançamos a HARDS para atender as demandas específicas do mundo hardware, a Origem, com foco em educação e, para 2021, planejamos o lançamento de outras iniciativas que possam atender de forma assertiva os desafios que encontramos hoje.

Além disso, durante a pandemia, optamos por desativar o nosso escritório sede, em Florianópolis. Para 2021, abriremos o Darwin Spaces e estamos trabalhando para criar este ambiente, mais adequado às necessidades atuais do nosso time e dos empreendedores.

Nosso cronograma do programa de aceleração também será executado no mesmo modelo que aplicamos anualmente, com dois batches. O primeiro deverá abrir processo seletivo ainda no início do próximo ano.

Como a RTM e os parceiros contribuíram nesta nova conquista?

R: Primeiramente, o nosso muito obrigado a toda RTM que, assim como nossos demais parceiros, é fundamental para executarmos nosso trabalho. Especialmente neste ano, pudemos aproximar ainda mais as startups do nosso programa com vocês, agregando muito conhecimento, experiência e oportunidade para os nossos empreendedores.

É de grande valia contar com a experiência dos profissionais envolvidos e todo know-how da RTM para trazer uma visão estratégica do mercado, abrir portas e trabalhar com conjunto com nossos empreendedores.

• Mais notícias •

Adriane fala sobre Open Innovation no Fintech Summit

De que forma as instituições podem praticar a inovação? Esta foi uma das questões abordadas no painel ‘Os principais desafios do Open Innovation para o mercado financeiro’ no Fintech Summit, promovido pelo Distrito, com a

RTM participa do primeiro Fintech Summit

No próximo dia 17 começa o inédito Fintech Summit, promovido pelo Distrito, eleito o melhor hub de inovação do Brasil pela Startup Awards 2020. Serão 12 painéis com os temas que estão fervendo no mercado.

Congresso de Mercado de Capitais terá versão online

A próxima edição do Congresso Brasileiro de Mercado de Capitais, promovido por ANBIMA e B3, será totalmente online e gratuita, entre os dias 23 e 27 de novembro. O evento foi reestruturado no novo formato

Darwin e Distrito conquistam prêmios de inovação

Tendo a parceria corporativa da RTM, Darwin Startups e Distrito conquistaram os prêmios de melhores aceleradora e hub, respectivamente, no Startup Awards, considerado o “Oscar” da inovação. O anúncio foi feito no CASE + Startup