fbpx

Notícias

4 tendências que estão mudando o mercado financeiro, hoje

Sempre em constantes mudanças, o mercado financeiro exige atualização para não ficar para trás. Novas tecnologias surgem a cada dia. Logo, se alguma coisa muda o comportamento das pessoas, pode ter certeza que interferirá diretamente nos sistemas e processos.

Sem dúvida, soluções são criadas a partir de necessidades. Quem poderia imaginar que em 1851, seria possível realizar transações financeiras em dinheiro em longa distância com o telégrafo? Ou que mais tarde, os bancos conseguiriam reduzir o pessoal nas agências com serviços online como o internet banking? Ou que as pessoas poderiam sacar dinheiro de forma mais segura sem dar os dados pessoais e senhas com a biometria?

Certamente, estar preparado para essas mudanças, tecnológicas ou não, é importante para o desenvolvimento da sua empresa. Afinal, o cenário favorável está formado: automatização de tecnologias, abertura por parte dos clientes, predisposição dos reguladores nacionais. Aproveite!

Separamos abaixo quatro tendências do mercado que já estão movimentando o mercado financeiro e prometem aumentar ainda mais a sua competitividade diante dos concorrentes:

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

No setor financeiro, os benefícios e aplicações desse tipo de tecnologia são muitos. A inteligência artificial é utilizada para fazer automação de decisões humanas simples e diretas. Isso inclui o processamento de dados econômicos e a melhora da produtividade do setor financeiro. Algumas empresas também já utilizam machine learning para analisar risco de falência, previsão de retornos e de lucros.

OPEN BANKING

Sendo uma realidade em países da Europa, a tendência mudará mundialmente o setor bancário da forma como conhecemos hoje. Com esse processo, todos os clientes dos bancos, vão poder contratar outros fornecedores para administrarem suas finanças. Isso vai abrir novas oportunidades para os clientes já que os bancos serão obrigados a fornecer as informações bancárias de seus clientes via APIs para terceiros.

FINTECHS

O futuro será gerido pela rapidez. Nesse quesito, as FinTechs (termo que surgiu da união das palavras financial + technology) saem na frente – principalmente para quem é novo no mercado. O foco desse setor é ter processos mais inovadores que atuem em elementos mais lucrativos e com custos operacionais muito menores se comparadas às instituições tradicionais do setor. Essa área já é responsável por mais de US$12 bilhões em investimento, se relacionado ao que as empresas gastavam apenas em TI.

MOBILE PAYMENTS

Como o modo de vender está mudando, essa tendência está ganhando cada vez mais força. Como o próprio nome diz, o processo consiste no pagamento, aceitação ou qualquer solução baseada em pagamento via dispositivos móveis, presencial ou não. No Brasil, aceitar cartões de crédito e débito pelo smartphone já é um tipo de mobile payment bastante utilizado. Com ele, a segurança das transações também é garantida pelas próprias máquinas que seguem altos padrões de segurança para pagamentos.

Vem surgindo um mundo financeiro novo e integrado. Um mundo onde todos os dados coletados são usados de uma forma mais inteligente. Um mundo com propostas inovadoras. E você, está preparado para ele?

Continue acompanhando mais dicas de tecnologia e mercado financeiro em nosso blog.

Leia também: 

• Mais notícias •

100ª reunião de Conectividade & Cloud na ACATE

O Diretor de Operações da RTM, Carlos Roberto Teixeira, participou, no dia 19 de fevereiro, da 100ª reunião da Vertical de Conectividade & Cloud da ACATE – Associação Catarinense de...

Ferramentas para traders: otimização de processos

As atividades em uma instituição financeira são constantes, aceleradas e intensas. Exigem muito dos profissionais e das ferramentas que utilizam, qualquer problema, como uma pane no sistema ou instabilidade que...

Desempenho da RTM é valorizado pelos clientes

Em estudo realizado com os clientes, no final de 2019, através do Instituto H2R Pesquisa, a atuação da RTM foi muito valorizada, obtendo um aumento de 10% nas notas acima...

RTM coordena GT de Resiliência Cibernética

O Gerente de Segurança da RTM, Renan Barcelos, foi escolhido para coordenar o Grupo de Trabalho de Resiliência Cibernética criado por empresas denominadas Infraestruturas do Mercado Financeiro (IMFs). Participam Banco...